Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A' Cerca de Coimbra


Terça-feira, 02.05.17

Coimbra: origem do topónimo Calhabé

Encontra-se também próximo da estrada da Beira (hoje Rua do Brasil, junto ao entroncamento com a Rua dos Combatentes) um pequeno lugar, o «Calhabé», que foi formado pela aglomeração de algumas casitas ao pé de uma antiga taberna.

Vem-lhe o nome de um consciencioso sacerdote de Baco, muito nomeado nos finais do último (séc. XVIII), e do qual nos deixou memória um dos autores da «Macarronea», no «Calhabeidos». Vejamos.

O Calhabé, o famoso Calhabé, entra na taverna, e é calorosamente recebido; alguém o apostrofa, com umas reminiscências virgilianas:

Ó Calhabee, Deus nobis haec otia fecit;

Sejas bem vindo; nobis communia sejant

Gaudia; nam boa pinga temos, boa pinga bibatur,

Tantas pelas nossas corrat vinhaça goellas,

Quantum ferre solet Inverni mensibus augam,

Monda, Coimbrenses cobris qua turbidus agros.

Ferte siti alqueires, almudes, ferte canadas,

Et pipae, ceu Monda, fluant: date procula, tripas

Tempestas vermelha reguet ; Calhabee, bebamus.

O Calhabé não se fez rogar; escancara a boca como um forno; bebe da torneira do tonel, bebe, bebe; e não fica farto, Vendo que os outros não acompanham, incita-os às libações:

Bibe plus, bibe, quaeso:

Sume canadinham saltem hanc: engole copinhum

Saltem hunc.

E bebe sem descanso; mas finalmente a cabeça se lhe transtorna; e por fim cai bêbado «como uma canastra».

Então todos os companheiros aplaudem, dizendo-lhe um tanto admirados:

Tu quoque, magne, cadis, Calhabee!

 

 Nota

A designação Calhabé foi aqui muito popular pois era a que figurava nos elétricos da linha 5. Quando foram substituídos pelos troleicarros estes passaram a ostentar a designação S. José e o topónimo foi-se perdendo.

Figueiredo, A. C. B. 1996. Coimbra Antiga e Moderna. Edição Fac-similada. Coimbra, Livraria Almedina, pg. 311

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 09:58

Quinta-feira, 11.08.16

Coimbra: a Fonte da Cheira

A Fonte da Cheira fica situada na Rua do Brasil, em frente à Rua da Fonte da Cheira.

Segundo F. A. Martins de Carvalho, a “composição arquitetónica desta fonte era o claustro da Anunciação, ou dos «Meninos de Palhavã», que se encontrava na galeria alta do claustro de Santa Cruz. Demolida a capela, aplicaram o portal na entrada da mala-posta, estabelecida no mesmo convento, passado em 1860 para esta fonte. É uma agradável composição arquitetónica, de pilastras em forma de suporte de hermes, arco bem concatenado com o remate, que é uma transformação do frontão curvo”

... Desde a sua construção, esta fonte teve apenas uma bica, que, inicialmente era constituída por uma caleira de pedra por onde a água corria, tendo sido, posteriormente, substituída por uma bica de bronze que lança a água num amplo tanque.

O nome, «Meninos de Palhavã», foi dado pelo povo de Coimbra aos infantes ... filhos naturais reconhecidos de D. João V que, ainda muito jovens, foram de Lisboa, onde viviam no lugar da “Palhavã”, para Coimbra receber educação literária no mosteiro de Santa Cruz.

A água desta fonte nasce na referida Quinta da Cheira, de que foi proprietário, no séc. XIX, o deputado às “Cortes Constituintes” em 1821 e lente de química da Universidade de Coimbra ... Tomé Rodrigues Sobral ... conhecido por ter fabricado pólvora e outros apetrechos de guerra, no seu laboratório químico da Universidade, no ano de 1808 ... um numeroso grupo de soldados, do exército de Massena, ao entrar em Coimbra no dia 1 de Outubro de 1810, depois da derrota no Buçaco ... dirigiram-se à quinta e incendiaram a casa, bem como a biblioteca e os valiosos manuscritos, entre eles o compêndio de química deste insigne professor.

Dada a relevância dos serviços prestados, o governo mandou reconstruir as casas deste lente por aviso de 31 de Outubro de 1861.

 

Lemos, J.M.O. 2004. Fontes e Chafarizes de Coimbra. Direção de Arte de Fernando Correia e Nuno Farinha. Coimbra, Câmara Municipal de Coimbra. Pg. 73

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 10:28


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2019

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930