Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A' Cerca de Coimbra


Terça-feira, 26.05.15

Coimbra e o primeiro bairro operário do País

Bastos Pina … era um admirador em extremo do Papa Leão XIII, procurando pôr em prática na sua diocese as diretrizes vindas do grande Pontífice … Foi assim que em Maio de 1897, pensou que a melhor forma de comemorar o vigésimo quinto aniversário da sua sagração episcopal seria a fundação de um bairro «em que os operários encontrassem, conforto para eles e para as suas famílias».
O cabido e o clero pretendiam oferecer, nessa data, uma cruz peitoral ao prelado. Este, sabendo dessas intenções, manifestou o desejo de que, em vez daquela oferta, lhe fosse entregue a soma angariada para, junta como uma outra que tinha sobrado de uma coleta para as vítimas das inundações de 1881, construir um bairro de 15 moradias para operários pobres. Contando, além disso, com a oferta do terreno por parte da câmara …
Com as colaborações recebidas e o entusiasmo que D. Manuel colocou neste empreendimento, o bairro estava pronto a habitar em Novembro de 1898 … a rainha D. Amélia, sabendo do facto, apressou-se a escrever ao bispo-conde … «muito gosto me dava, pois, o Bispo Conde aceitando o oferecimento que lhe faço de ficar a meu cargo a construção da capela» … A capela, sob a invocação de Nossa Senhora de Lurdes, foi solenemente inaugurada a 10 de Novembro de 1901.

Ramos, A. J., 1995. O Bispo de Coimbra D. Manuel Correia de Bastos Pina. Coimbra, Gráfica de Coimbra, pg. 183 e 184

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 09:03


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2019

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930