Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A' Cerca de Coimbra


Segunda-feira, 04.01.16

Coimbra: Introdução da imprensa

Os livros têm, realmente o seu fado. Isto mais uma vez se comprova por um exemplar dos ‘Apontamentos para a Historia Contemporanea’, de Joaquim Martins de Carvalho, livro que alcançou na sua época notável divulgação pelo conjunto de matérias nele reunidas. Tenho exatamente comigo, e por feliz acaso, aquele volume que serviu ao autor para retificar nas suas páginas alguns pormenores de datas e de factos … numerosos acrescentos, que novas averiguações lhe proporcionaram … que na sua ideia andaria o expressivo desejo de publicar uma segunda edição, que afinal a vida e a saúde abalada não consentiram.

Almeida, M. L. Prefácio de Carvalho, J. M. 1966. Apontamentos aos «Apontamentos para a Historia Contemporanea». Publicados por Almeida, M. Lopes. Separata do Arquivo Coimbrão, vol. XXIII. Coimbra, Câmara Municipal de Coimbra. Pg. 5

 

"A ‘introdução da typographia em Coimbra em 1530’

Quando tratamos de publicar no ‘Conimbricense’ uma serie de folhetins, contendo os ‘Apontamentos para a historia da typographia em Coimbra’ … procedemos a um exame nos muitos milhares de livros, existentes no vasto deposito das livrarias dos conventos e colégios desta cidade; e o mesmo fizemos em toda a bibliotheca da Universidade, e em algumas livrarias particulares de Coimbra. Além disso procuramos colher todos os possiveis esclarecimentos nos cartorios da Universidade, do Cabido, da Misericordia, da Ordem Terceira, e outros. … De todas estas variadissimas investigações resultou, que o livro mais antigo que podemos descubrir, impresso em Coimbra, era o ‘Breviarium’ dado à luz na typographia dos conegos regrantes de Santa Cruz, em 8 de Abril de 1531, sendo ali impresso pelo impressor German Galharde. Procede-se posteriormente á venda dos livros do deposito dos conventos e colégios desta cidade; e descobre-se que um livro hespanhol de 229 folhas numeradas só de um lado, ou 458 paginas, com o titulo – ‘Espejo de consciencia que trata de todos los estados assi eclesiásticos como seglares, para regir y examinar sus consciencias. Impresso año de 1525’ – tinha no fim uma pequena publicação em portuguez, de 6 folhas não numeradas, com o seguinte titulo: ‘Repertorio para se acharem as matérias no livro Espelho da Consciencia, do qual pera que se entenda de feyto segundo hordenança do livro. S. per Tratados, Capitolos: e parrafos. Na última folha do qual se lê a seguinte declaração: ‘Imprimiose por Germão Galharde na muy nobre y sempre leal cidade de Coimbra, no mosteyro de Santa Cruz por mandado do prior Crasteiro e convento delle: aos nove dias do mez de Agosto de 1530.’ De forma que segundo esta publicação, vem a existir, pelo menos, a imprensa em Coimbra, já 9 mezes antes do que o livro mais antigo que até agora tínhamos achado; visto ser este ‘Repertorio’ impresso em 9 de Agosto de 1530, e o ‘Breviarium’ de que temos noticia, impresso em 8 de Abril de 1531."

Carvalho, J. M. 1966. Apontamentos aos «Apontamentos para a Historia Contemporanea». Publicados por Almeida, M. Lopes. Separata do Arquivo Coimbrão, vol. XXIII. Coimbra, Câmara Municipal de Coimbra. Pg. 11 e 12

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 11:29


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930