Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A' Cerca de Coimbra


Terça-feira, 26.03.24

Coimbra: Mosteiro de Celas, delimitação do burgo e da cerca

Desconhece-se o ano exato da sua fundação, sabendo-se, contudo, ter sido anterior a 1213, pois existem documentos com esta data no Cartório do Mosteiro, permitindo concluir que a lnstituição se encontrava lançada e procurava então desenvolver-se, adquirindo propriedades, confinantes com o Mosteiro. Chamava-se ao local Vimarannes … nome do proprietário da zona no período visigótico. Ainda hoje existe, a poente do Mosteiro, a Quinta de Guimarães.

… Embora tenha atravessado períodos de dificuldades económicas, como provam alguns documentos, o Mosteiro teve vida de relativa prosperidade … como se prova pela abundante documentação do antigo Cartório do Mosteiro e que hoje se conserva no Arquivo da Universidade de Coimbra. Nos finais do século XVII, o Mosteiro recolhia 120 monjas e aproximado número de criadas (encostadas).

D.Burgo Celas, pg. 26.jpgFachada do Mosteiro de Celas e parte do adro de São Germano. Op. cit., pg. 26

… Todo o burgo de Celas com seus quintais e a cerca do Mosteiro estavam perfeitamente delimitados por 25 marcos com a inscrição epigráfica «CELAS» e ainda por muro alto de que ainda restam alguns vestígios a poente e a sul do Mosteiro. Nenhum dos marcos. porém foi encontrado nos locais onde presumivelmente se localizavam.

 

Fig. 64 - Marco 31, in situ.JPGMarco do Mosteiro de Celas, adaptado a marco do Mosteiro de Santa Cruz, com a abertura de uma cruz. Encontrado em Murtede, Cantanhede. Acervo RC

O precioso manuscrito que tivemos a sorte de encontrar e que a seguir se publica na íntegra, permitiu-nos reconstituir. com aproximada exatidão, o circuito que delimitava o Burgo e a Cerca do Mosteiro de Celas.

… Tal como fizeram os intervenientes na demarcação do Burgo e Cerca do Mosteiro de Celas, convidamos o prezado leitor a deslocar-se ao local onde teve início a dita demarcação, situado a cerca de 40 metros acima da atual Cruz de Celas, junto do muro que serve de suporte a um vetusto mirante… que à esquerda se encontra, na atual Rua Bernardo Albuquerque.

Imagine o soar das seis badaladas nos sinos do Mosteiro na manhã fresca, mas amena do dia 9 de agosto de 1740.

… No local acima referido, encontrava.se um dos vários cruzeiros existentes no burgo.

Daqui, rumando ao sul e atravessando a estrada que vinha de Coimbra para o Burgo, na distância de 50 varas, encontraram um marco do Celas, junto à esquina do muro dum quintal então aí existente.

Viraram a nascente pela Carrelra dos Namorados provavelmente do trajeto aproximado à atual Rua Gomes Freire, ondo foi encontrado o 2.° marco e do anterior a este mediram 24 varas.

A descrição da demarcação prossegue no mesmo estilo.

D.Burgo Celas, pg. 34 e 35.jpgDemarcação do burgo e cerca do Mosteiro de Celas em 1740. Op. cit., pg. 34-35

Sendo apresentado um mapa onde toda a informação é sintetizada, optamos por nos circunscrevermos à referência dos demais topónimos referidos no manuscrito estudado, a saber, Rua das Parreiras, Rua Silva Ferreira, rua ou estrada que vai para Santo António, caminho que vai para a fonte da mãozinha, carreira dos namorados.

D.Burgo Celas, pg. 34.jpgAbertura da Avenida que devassou a antiga cerca do Mosteiro. Op. cit., pg. 34

Silva, J.M.A. Demarcação do Burgo de Celas e da Cerca do Mosteiro de Celas. In: MUNDA, Revista do Grupo de Arqueologia e Arte do Centro. N.º 1, maio de 1981. Pg. 25-35

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 11:01


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Posts mais comentados