Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A' Cerca de Coimbra


Quinta-feira, 05.10.23

Coimbra: I Exposição de Armas Antigas do Distrito 2

Concluímos com esta entrada a divulgação das demais imagens do catálogo, editado em 1966, pelos Serviços Municipais de Turismo, que serviu de apoio à I Exposição de Armas Antigas do Distrito de Coimbra.

AA, capa.jpg

Catálogo, capa

 - N.ºs 106-107 – Par de pistolas de fabrico espanhol, da autoria de Aranguren e datadas de 1844. Est. XIV.

AA. pg. 12.jpgOp. cit., pg.16

 - N.º 118 – Pistola de cano longo, com terminal da coronha em prata, do século XIX. Est. XV

- N.º 129-A – Pistola de cano longo com dispositivo superior de percussão e coronha com embutidos d prata. Est. XVII.

 - N.º142 – Pistola de tipo Lefaucheux, de dois canos tauxiados a metal com dispositivo de travamento e mira, de fabrico espanhol do s+eculo XIX. Est. XVIII.

AA. pg. 13.jpg

 Op. cit., pg.17

 - N.º 155-A – Pistola de oito XIX giratórios, de percussão por fulminante, marcada: “Imberton – Espingardeiro da Caza Real”, exemplar muito raro, do século XIX. Est. XIX.

AA. pg. 14.jpg

Op. cit., pg.18

 - N.º 155-c – Revólver Colt, modelo 1849, com caixa de madeira com acessórios: moldador de balas e polvorinho. Est. XX.

AA. pg. 15.jpg

Op. cit., pg.19

 - [sem número] – Polvorinho do princípio do século XVII, de forma redonda, de bronze, com incrustações de prata, exemplar muito raro. Est. XXI.

AA. pg. 16.jpg

Op. cit., pg.20

N.º 181 – Espada de ferro com copos em gamela, usada na época da Restauração. Século XVII. Est. XXII

- N.º 193 – Espada militar, com os copos em prata, usada nos séculos XVIII-XIX. Est. XXIII. 

- N.º 195 – Espada de fabrico oriental com os copos em prata com figuras humanas lutando com dragões. Na lâmina, gravadas as armas reais de D. João V, uma figura de guerreiro e uma panóplia com lanças e tambores. Est. XXIV.

AA. pg. 17.jpg

Op. cit., pg.21

 - N.º 220 – Espada árabe, de ferro, com o punho decorado a fio e taxas de cobre e cabedal. Século XII. Exemplar muitíssimo raro. Est. XXV.

- N. º 221 – Espada de ferro com o punho desenhando dois largos discos terminais. Época: 1.ª dinastia. Espécie raríssima. Est. XXVI.

 - N.º 223 – Adaga de ferro com o punho de cobre decorado com grânulos do mesmo metal. Na folha desenhos filiformes. Exemplar raríssimo. Est. XXVII.

AA. pg. 18.jpg

Op. cit., pg.22

 Serviços Municipais de Turismo. Primeira Exposição de Armas Antigas do Distrito de Coimbra. 1966. Coimbra, Comissão Municipal de Turismo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 11:07

Quinta-feira, 28.09.23

Coimbra: Primeira Exposição de Armas Antigas do Distrito 1

Entre os livros da minha biblioteca está num pequeno catálogo, editado em 1966, pelos Serviços Municipais de Turismo, que serviu de apoio à I Exposição de Armas Antigas do Distrito de Coimbra.

Depois da apresentação das peças então expostas, o texto publica a relação – Entidades e Pessoas – dos 24 expositores que emprestaram as peças patentes na exposição, diferenciadas pelos seguintes tipos: Espingardas de sistema pederneira; Pistolas de sistema pederneira; Espingardas de percussão por meio de fulminante, de carregar pela boca; Pistolas de percussão por meio de fulminante, de carregar pela boca; Polvorinhos; Espadas; e Punhais.

O maior interesse do folheto está no conjunto de 27 estampas, reproduzindo as principais peças expostas, que são aqui relembradas.

AA, capa.jpg

Catálogo, capa

 O Plano de exposições que a Comissão Municipal de Turismo de Coimbra se propôs realizar ou patrocinar em 1966 tem não só o fim de dar aos turistas um motivo de interesse na sua passagem por esta região, mas também de ser útil à Cidade no campo cultural.

Dentro do esquema enunciado, integra-se, como segunda no ano em curso, a I Exposição de Armas Antigas do Distrito de Coimbra.

…. Espalhadas por casas particulares, perdidas entre coleções de pequenos Museus, vendidas para o Estrangeiro, abandonadas pelos seus possuidores, somente tem sido recolhidas e dignamente expostas em quantidade apreciável no Museu Militar de Lisboa.

Julgou o Departamento de Turismo de Coimbra oportuno tentar mostrar ao público alguns exemplares existentes nas coleções de Armas do Distrito e, ao fazê-lo, norteou-o a ideia de chamar as atenções não apenas para o aspeto artístico desta exposição.

…. Reunidas largo número de armas de fogo e armas brancas, sendo alguns dos exemplares expostos de rara categoria, mencionamos neste catálogo apenas as mais destacadas.

 As imagens publicadas são as que a seguir se apresentam.

- N.º 1 – Bacamarte de abordagem com cano de bronze, arma  do século XVIII. Est. 1

 

AA. pg. 7.jpg

Op. cit., pg. 11

 - N.º 3 – Bacamarte com cano de ferro lavrado, tipo de boca de sino, arma excecional do século XVIII. Est. II.

- N.º 6 – Espingarda de caça de origem espanhola, com o cano tauxiado a prata, mira e anilhas de prisão do mesmo metal. Exemplar raro do século XVIII. Est. III.

- N.º 20 – Espingarda de cavalaria com coronha de tipo árabe, fecharia sistema espanhol, do século XVIII. Est. IV.

AA. pg. 8.jpg

Op. cit., pg. 12

 - N.º 40 – Pistola inglesa, tipo Tower, usada na Guarda Real, do século XVIII. Est. VIII

- N.º 41 – Pistola do tipo espanhol, revestida a metal, com lavrados, com características do século XVIII. Est. V.

- N.º 45 – Pistola de cano longo, fecharia do sistema espanhol, do século XVIII. Est. VII.

 - N.º 55 – Pistola inglesa, tipo militar, cano longo, marcada Tower – G. R., do século XVIII. Est. IX.

O exemplar a que corresponde a estampa VI, não está identificado.

AA. pg. 9.jpg

Op. cit., pg. 13

- N.º 55 – Pistola inglesa, com pederneira superior, cano de bronze e punhal, por intermédio doo guarda-mato, do século XVIII. Est. X.

- N.º 50 – Pistola inglesa, de três canos, em bronze. com pederneira superior e relator dos canos, exemplar muito raro, do século XVIII. Est. XI.

AA. pg. 10.jpg

Op. cit., pg.14

- N.º 67 – Espingarda de caça, de fabrico espanhol, com cano tauxiado a prata, fabricada em Eybar, por Aranguren, no século XIX. Est. XII.

- N.ºs 81.82 – Par de pistolas, com cano de bronze de boca elíptica, exemplares raros pelo formato, do século XIX. Ext. XIII.

 

AA. pg. 11.jpg

Op. cit., pg.15

Serviços Municipais de Turismo. Primeira Exposição de Armas Antigas do Distrito de Coimbra. 1966. Coimbra, Comissão Municipal de Turismo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 11:41


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Fevereiro 2024

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829