Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A' Cerca de Coimbra


Sábado, 27.06.15

Coimbra, canonização da Rainha Santa

A beatificação de D. Isabel de Aragão, em 1516, constituiu o reconhecimento oficial do culto que de há muito o povo de Coimbra lhe tributava com o nome de Rainha Santa. Em 1556 tornou-se extensivo a todo o país e em 1616 ao reino de Aragão … a instauração do processo com vista à canonização, apoiado por vários soberanos mas só verdadeiramente desencadeado pelo empenhamento do bispo-conde D. Afonso de Castelo Branco. Foi assim que no dia 26 de Março de 1612, ao começo da tarde, se procedeu à primeira abertura do túmulo da rainha, já que o exame das relíquias era um dos requisitos processuais … “se achou mui são, inteiro, e sem corrupção”
...
Determinou logo D. Afonso de Castelo Branco expor à veneração dos fiéis os restos mortais incorruptos da Rainha Santa … o túmulo de prata branca mandado fazer na mesma ocasião (1613) por D. Afonso … apresenta-se com austera volumetria: de forma paralelepipédica, coberto por uma tampa retangular alongada … Mede de comprimento máximo 2,33 m e de largura 0,86 m … O conhecimento da tratadística está patente no tratamento das colunas coríntias, assentes em pedestal baixo, em avanço, e de harmoniosas proporções … O espaço entre as colunas é preenchido pelos cristais … tudo leva a crer que anteriormente Domingos Vieira tivesse vindo à cidade do Mondego para contratar “o sepulcro da Rainha Santa que o dito bispo manda fazer à sua custa”

A canonização, ocorreu em 1625.

Borges, N. C., 1996. O Tumulo de Prata da Rainha Santa Isabel, em Coimbra. Separata de In Memoriam: Carlos Alberto Ferreira de Almeida. Porto, Faculdade de Letras, Pg. 163 a 166

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 10:27


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930