Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A' Cerca de Coimbra


Domingo, 31.05.15

Coimbra árabe, dependência administrativa 2

Podemos então concluir que a fronteira da antiga Lusitânia se mantem quase inalterável durante o Islão … Sem nunca ter tido qualquer expressão administrativa sob o Islão, o Garb-al-Andaluz surge, no entanto, desde muito cedo como um território nitidamente individualizado, apesar da sua diversidade regional. Em todos os momentos de cariz descentralizador, o Garbe desempenha sempre no al Andaluz um papel ativo de constante cumplicidade entre os cinco territórios geo-históricos que o constituem: o termo de Coimbra com Montemor-o-Velho e todo o Baixo Mondego; o estuário do Tejo, constituído pelos centros agregadores de Lisboa-Sintra e Santarém; O Alto Alentejo que unifica Badajoz, Évora e Alcácer do Sal no mesmo eixo leste-oeste; O Baixo Alentejo com Beja, Aroche e Mértola; e finalmente o Algarve, antigo termo tardo-romano de Ossónoba, que mais tarde se vai repartir entre Santa Maria de Faro e Silves …

Torres, C. O Garb-Al-Andaluz. In Mattoso, J. (Coordenador) 1997. História de Portugal. 1 Antes de Portugal, pg. 335

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 21:46


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930