Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A' Cerca de Coimbra


Terça-feira, 26.04.16

Coimbra: o Cabido e o Bispo na aclamação de D. João IV

A 4 de x.bro de 1640 chegou a esta Cidade noua q a Cidade de lx.a tinha levantado e aclamado ao Serenissimo s.or Dom Joaõ Duq de Brag.ca Por Rey destes Reinos de Portugal, e deste Successo teue o Illmo sor Bispo Conde nosso prelado huã Carta dos Ill.mos s.res Arcebispos de lx.a e Bragua Como governadores levantados pello pouo a qual naõ comunicou ao Cabido e a 7, do mesmo mandou o Cabido Dous s.res Capitulares a uizitar o s.or Bpõ. e consultar o q deuiamos fazer por esta Cidade ter feito o mesmo levantamento e acclamaçaõ de q naõ resultou couza alguã nem uerem os ditos s.res capitulares a Carta q tinha S. Ill.ma dos s.res Arcebispos governadores; So q se esperasse mayor certeza; e aos 8. dias do mesmo tornaraõ os mesmos s.res de parte do Cabido a dizer a S. Ill.ma q pareceria bem fazerse logo a demonstracaõ de Alegria ... e q nada queria o Cabido sem o Comunicar a S. Ill.ma respondeo o s.or Bpõ q assi lhe pareçia bem, q tinha mandado hu próprio q em uindo cõ noua certeza se faria a demonstração; e logo o Cabido ordenou q se continuasse o fogo de poluara q se estaua fazendo. e preparassem mtas luminárias para se porem na See e cada s.or Capitular as poria também em suas Cazas. e se chamou para nomear senhores q fossem beijar a mão e dar a obediencia a S. Mag.de ... os quais estaraõ na Cidade de lx.a ate fim deste mês de dezembro ... e logo tornaraõ outros dous senhores capitulares comunicar ao s.or Bpõ a demonstração q se hauia de fazer de luminárias e procissão; e o s.or Bpõ assentou com os ditos s.res q 5ª fr.a 13. Deste mês, poriaõ luminárias, e na 6.a fr.a pella tarde fariaõ pcissaõ.

 

... Aos quinze de desembro de 1640 assentou o Cabido q se passassem prouizois paras as Camaras dos nossos Coutos a saber Tauarede, Villa noua de Mocarros. Agim, Paredes, e Val de todos, fazendo-lhe saber em Como nosso sor fora seruido darnos por Rey o serenissimo senhor Dom Joaõ o quarto Duq de Brag.ca

 

Almeida, M.L. 1973. Acordos do Cabido de Coimbra. 1580-1640. Separata do Arquivo Coimbrão. Vol. XXVI. Coimbra, Biblioteca Municipal de Coimbra. Pg. 375 e 376

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 10:40

Segunda-feira, 25.04.16

Coimbra: conflitos do Cabido da Sé com o bispo D. João Mendes de Távora 2

Aos vinte, E hum dias do mês de Dezembro de 1638... acabada a prima E terça no Choro de sima E decendo o Cabido, E mais Beneficiados pera a Cappella mor, e Estando todos assentados nella; subio ao púlpito hum Cappellaõ do senhor Bispo Conde, E antes de se começar a Missa leo hum papel, que continha o seguinte.

... fazemos saber, que desejando nós que se guarde inteiramente o Ceremonial Romano, julgamos, que era coueniente atalhar alguns abuzos, que de poucos anos a Esta parte se tem começado a introduzir nesta nossa Igreja. E porque hum deles he vzarem de murça os Dignidades, Conegos, E meos Conegos da nossa See despois do falecimento do ... nosso predecessor , sendo o vzo de murça taõ preuiligiado, que so podem vzar della os Bispos nas suas próprias dioceses: Mandamos sob pena de excomunhão ipso facto incurrenda, que de hoje em diante Nenhuã pessoa de qualquer qualidade, ou dignidade, que seia possa vzar mais de murça, E em particular o mandamos a todos os Ecclesiasticos da nossa See sob a ditta pena de excomunhaõ ipso facto incurrenda, E pera podermos ao diante proceder, lhes assinamos desde logo tes horas distinctas pelas três Canonicas admoestacois: E alem da ditta penna de excomunhaõ ipso facto incurrenda, mandamos ás sobreditas pessoas que assi o cumpraõ sob penna de cem cruzados aplicados pera a Bulla da Cruzada por cada uez, que qualquer das ditas pessoas puzer murça; E pera vir á noticia de todas, mandamos que esta se lea na nossa See, E se fixe o treslado nas portas della.

... Chegando quem lia este papel às palavras, que na lauda atrás estaõ assinadas, se leuantaraõ todos os senhores Beneficiados dizendo que ante omnia appellauaõ de todas E quais quer Censuras, ou Ordens, que o Snõr Bispo mandasse notefiquar no ditto papel E se sahiraõ do Choro E se fez Cabido aonde se ... assentou que este negocio se cõmunicasse ao Sñor Doutor Goncalo Aluo Godinho E aos letrados da caza pera que com seu parecer se rezoluer de todo este negocio.

O secretário deixou largo espaço em branco para registar a resolução do Cabido, mas nunca a lançou.

Informação : Murça é uma veste era usada pelos cónegos por cima da sobrepeliz.

Almeida, M.L. 1973. Acordos do Cabido de Coimbra. 1580-1640. Separata do Arquivo Coimbrão. Vol. XXVI. Coimbra, Biblioteca Municipal de Coimbra. Pg. 358 e 359

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 10:02

Sexta-feira, 22.04.16

Coimbra: conflitos do Cabido da Sé com o bispo D. João Mendes de Távora 1

Aos dous dias do mez de Outubro de 1638 ... chamado pera Cabido ... que o senhor Bispo Conde Dom Joanne Mendez de Tauora tinha intento de vzar de docel na Capella mor desta See, sendo assi que se seguiaõ dahi muytos incouientes como era alterarsse o Costume antiquíssimo, que nesta Igreja há do contrário; e juntamente naõ se poder por commodamente este docel sem grande indecencia das Imagens Sagradas pella estreiteza da Capella mór, como também poder acontecer que Sua mg.deestranhe semelhante vzo, visto ser a Capella mór desta See sua...se assentou que se desse em primeiro lugar deste negocio ao senhor Bispo Conde escreuendoselhe a Carta...

... Aos 16 dias do mez de Outubro de 1638 Estando os senhores Capitulares juntos em Cabido pera se ver a resposta do Senhor Bispo Conde ... que tal couza naõ mandei propor a VMs. Desejando saber quem foi a pessoa, que sem ordem minha fez esta accaõ pera lho mandar estranhar; porque os Prelados naõ tem assento diferente nas suas Sees nos dias em que fazem Pontifical aos outros, em que soo assistem... o assento, que eu tomar nessa See, quando seia o mesmo, que aquelle, que eu tive Sempre na de Portalegre...

 ...No ditto dia, mez E anno a tarde ... visto o Senhor Bispo  Conde naõ querer superseder no intento, que tinha de vzar de docel na Capella mor desta See ... se desse de tudo conta a Sua Mg.de ...

 ... 22 diaz do mez de outubro de 1638 ... se esperua por horas pello senhor Bispo Conde Dom Joanne mendez de Tauora, E que seria necessario preuenir de antemaõ todas as couzas pertencentes à sua entrada  ... em cazo, que vindo com o ditto acompanhamento se ache docel no ditto lugar; o Cabido entre em comunidade ate o Choro sem subir ás cadeiras delle, nem ao altar os assistentes per obrigação a Este acto; mandando-se dizer ao senhor Bispo, que o naõ faz, porquanto acha na Capella mor aquella nouidade do docel contra o Costume antiquíssimo desta See ...

 ... Aos onze dias do mez de nouenbro de 1638 ... Carta de Sua Mg.de... ao Bispo, que não alterasse nella, em quanto se naõ tomaua rezolucaõ ...

 ... Aos 2. dias do mez de Nouembro de 1638 ... ler huã carta, que o Senhor Bispo Conde escreuia a Este Cabido ... Há oito dias, que cheguei a Esta Quinta (casa do Bispo, junto à Escola Superior Agrária de Coimbra) E vendo, que passados tantos dias nada se tem ajustado; me rezolui a fazer hoje a entrada ás duas horas ...

...Chegada a procissão a Esta See achamos na Capella mór posta huã cadeira debaixo de docel ...

 ... Aos 13 dias do mez de Dezembro de 1638 annos ... tratar do modo, com que o Cabido se hauia de hauer no intento, que o Senhor Bispo Conde tem de por docel na noyte de Natal ...

 ... Aos vinte dias do mez de Dezembro de 1638 annos ... chamado pera Cabido ... pera nelle seler huã carta de Sua Mg.de ... com que o Bispo Conde estaua no particular do docel ... lhe mando escreuer que cumpra o que na matéria tenho resoluto, naõ innouando, nem alterando nella couza alguã ate se ver o que mais conuem ...

 Almeida, M.L. 1973. Acordos do Cabido de Coimbra. 1580-1640. Separata do Arquivo Coimbrão. Vol. XXVI. Coimbra, Biblioteca Municipal de Coimbra. Pg. 341 a 357

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 09:47

Quinta-feira, 21.04.16

Coimbra: A Sé de Coimbra e os fugidos à justiça que a ela se acolhiam

Aos 14. dias do mes de Julho de 631) sendo prim.ro chamado p.a Cabido p.a se tratar se conuinha q os homiziados, q se recolhiaõ a esta Se temendose de sere presos pellos ministros da iustica per seus crimes, se se deuiaõ de admitir. e deixar andar nesta Sé como ate agora tinha acontecido, em algus q a ella se recolheraõ, e de psente inda oie estaõ recolhidos, assentou o Cabido, q os tais homiziados naõ pudessem estar nesta Sé mais q tres dias, e passados eles naõ fossem mais consentidos nella, saluo se dentro desse tempo, ou de mais, os ministros da iustica estiuesem de fora, e tiuesse cercada a Sé pa prendere o dito omiziado tanto q saísse, e naõ sendo nesta forma, fosse passado o dito tempo lansado fora, porq nesta forma, se atalhaua, a algu escândalo, se os ministros da iustica tiuese de uere os omiziados passear pelo ladrillo da Sé huã e m.tas uezes sem os podere prender, e iuntamte  naõ socedese q uendo a larguesa, e liberdade q os omiziados tiueraõ nesta Sé, ou possaõ uir a ter, se naõ incite alguns ministros da iustica, a quebrabre, ou em algu modo diminuire a imunidade da igreja, e pa lembrança mandaraõ a mim secretario o Dtor Anto frz de Caruo q fizesse em q me assinei.

 

Almeida, M.L. 1973. Acordos do Cabido de Coimbra. 1580-1640. Separata do Arquivo Coimbrão. Vol. XXVI. Coimbra, Biblioteca Municipal de Coimbra. Pg. 298

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 10:16

Quarta-feira, 20.04.16

Coimbra: o sino balão da Sé

Referindo os sinos existentes na Sé Nova... O de horas do relógio, também de grande tamanho, que veio da Sé Velha, aonde era conhecido por «sino balão» em virtude da sua forma tendendo para uma meia esfera, diz um letreiro, que a estreiteza do lugar torna de leitura muito dificultosa, que foi renovado e dedicado à Santa Virgem no ano de 1633, na vacância episcopal.

Correia, V. e Gonçalves, A. N. 1947. Inventário Artístico de Portugal – Cidade de Coimbra. II. Lisboa, Academia Nacional de Belas Artes. Pg. 16 e 18

 

A 6. de 9bro se asentou em cab.o q uisto mandar pidir o mestre da capela, q auendo res.to a seus m.tos serviços lhe facaõ m.ce de querer mandar tanger o sino balaõ

... No mesmo dia (ii de julho de 618) Considerandosse outrosi os m.tos inconuientes q há de se mandar tanger o sino Ballaõ taõ ordinariam.te pello falleçim.to de m.tas pessoas... se assentou q o dito Balaõ se naõ podesse tanger de nenhu modo ... saluo se ale da pessoa ser de muyta qualidade, der dez Cruzados pera a dita Fabrica.

... Aos 4 de Março 626... tratar do modo q auia no tanger do sino Ballaõ ... q se naõ tangese por nhua pessoa (tirado  Bpõ, e Cabido) saluo dando quatro mil rs E sendo pessoa de qualidade...

... 21 dias do mês de feuro de 629 ... tratar de atalhar a alguãs quexas q hauia de o sino ballaõ se tanger a m.tas pessoas assentou o Cabido ... se uota por fauas ... e votando mais de tres fauas pretas o tal sino se naõ tanja ..

... Aos 26. de feur.º de 1631 ... E outrosi se naõ tangerá o Sino Balaõ senaõ uotandose na mesma forma, pello perigo q pode acontecer, tangendose m.tas uezes, de poder quebrar...

... No mesmo dia (13. de Mayo de 1631)...p.a se açertar a uia, q se hauia de seguir no tanger do Sino Balaõ. Assentou o Cabido q o ditto Sino de nehu modo se tangesse por pessoa alguã por mais graue q fosse, senão pelos Senhores Benefiçiados, e q todo o senhor, q propusesse em Cab.do e tratasse q o dito sino se tangesse, e este assento se revogasse seria descontado em hu mez.

Almeida, M.L. 1973. Acordos do Cabido de Coimbra. 1580-1640. Separata do Arquivo Coimbrão. Vol. XXVI. Coimbra, Biblioteca Municipal de Coimbra. Pg. 200, 218, 262, 279, 293, 296

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 09:10

Terça-feira, 19.04.16

Coimbra: conflito do Cabido da Sé com o bispo Afonso de Castelo Branco

Nota: a leitura dos seis textos que de seguida iremos publicar – para além das naturais diferenças entre o português do século XVII e do português de hoje – deve ser feita considerando: o uso recorrente de abreviaturas; a utilização na escrita do u em vez do v; a impossibilidade de transcrever grafias utilizando o til sobre consoantes.

Aos 14 dias do mes de 7bro (1612) sendo chamado para Cabido … para se tratar do modo em q o Cabido se deuia auer com o sõr Bispo … en q era notório o sõr Bispo tratar o Cabido em Comu e particulares do Cabido com palavras mui afrontosas ao mesmo Cabido, e aos particulares delle, e mui particularmente aos quatro Capitulares q o Cabido tinha eleito para tratar do Statuto q estaua inuiado a sua Mag.de … e em mesmo sôr Bispo escrever huã carta ao Conego Jo da Costa en q lhe mandaua dar hu recado ao Cabido, cõ hus remoques afrontosos ao mesmo Cabido, e assi maes mandaua na mesma carta outro recado aos quatro Capitulares … ameaçandoos e mandandolhes dizer q as couzas paririaõ ao diante como tinhaõ parido as couzas do marachão, e porq de todas estas couzas consta claramte ser o sõr Bpõ suspeito a este Cabido, e por outras maes q se cumularaõ a seu tempo…

… foi assentado per todos q se uiesse com suspeicoens ao sõr Bispo por assi conuir a honra desta Igreja e de sua fazenda … E q para se uire com as ditas suspeicoens se aiuntasse todas as maes cauzas q para bem dellas fosse necessárias, e q depois de juntas se puzesse em efeito, e intimasse as ditas suspeicoens sem dillaçaõ alguã.

… Aos ij de Outubro de 1612 sendo chamado pera cabido pera se tratar das sospeicoes q estauaõ ordenadas pa se intentare ao sor Bpõ dõ A.o de Castelbranco nosso prelado, se lerão em cabido, E se asentou que se pusesse e se asinassem por todos os presentes.

… assinarão todos os capitulares q estalão acima do s.or D.tor Ant.º home, e chegando a elle disse mandado pello presidente q assinasse q o naõ hauia de fazer sem embargo de o estatuto dispor o contrario …

… Aos 21. de Outubro de 1612, sendo chamado pera Cabido pera se uere e assinare as sospeicoes q atras uaõ lancadas por se tere uisto e emendado diminuindo e acrescentando em partes segudo pareçeo ao Cabido quaes se intentaraõ ao s.or Bispo Dom Afonso de Castelbranco …

Estas saõ as razoes de sospeicaõ ...

... Que o Sumo Pontifice Clemente oitauo passou hu Motuproprio a instancia de sua m.de pera que nenhua pessoa da naçaõ hebrea podesse neste Reyno de Portugal ter Conesia em See Cathredal …

… e porq o Cabido procura a limpeza desta sua See …

... Que depois do sobredito uieraõ outras bullas apostólicas de outra conesia desta see de renuciaçaõ que fez Goncalo Carreiro em Crispim da Costa ambos criados do sõr (Bispo) recusado, a qual o Cabido recusante impedio por elle ser de nacaõ hebreo ...

... se escãdalizou grandem.te do cabido, soltando contra elle e seus capitulares muitas palavras afrontosas e iniuriosas chamandolhe çuios e mentirosos ... dizendo que os hauia de fazer moer na atafona ... porque os não nomea por seus nomes próprios, senaõ pelas alcunhas ... antes afrontou (o Cabido) de palavra chamãdolhe barbacas, *caraça* e outros nomes iniuriosos ... disse publicam.te e mandou dizer que ainda que fosse iulgado por sospeito nos feitos dos foros do azeite, e dos capoes, o que senaõ hauia de prouar, se contentaua com fiquar juiz dos costumes.

... Aos 30. de Jan.ro 1613 mandou o Cabido que aqui neste libro dos acordos se tresladasse hua carta de Sua Mag.de ... Por elRey ao Daiaõ e Cabido da See de Coimbra... E proque eu desejo que se tome nelle algu bom meio de compossicaõ sem damno uosso com que cesse os inconuinientes, e inquietações que poderiaõ resultar, se passasse adiante, uos emcomendo e emcarrgo m.to que tanto q receberdes esta carta o suspendais ... e o mesmo mando escrever ao Bpõ.

Almeida, M.L. 1973. Acordos do Cabido de Coimbra. 1580-1640. Separata do Arquivo Coimbrão. Vol. XXVI. Coimbra, Biblioteca Municipal de Coimbra. Pg. 144 a 179

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 14:50

Sexta-feira, 19.02.16

Coimbra: a Inquisição e o Cabido da Sé

Nota: Na leitura deste texto deve ser, nomeadamente, considerado que: a letra u, em muitas palavras escritas, substituía o atual v; o mesmo acontece na utilização do i em vez de j; muitas palavras eram abreviadas.

… Aos 13 dias do mês de Janro do dito Anno (1612) ueio a Cabido hum recado dos Inquisidores desta Cidade en q pediaõ por merce ao Cabido desse licença ao Dor Gabriel da Costa para hir assistir alguas tardes ao despacho do Santo officio.
… Aos. 8. de Abril de 612 (1612) … sendo chamado pa Cabido … se leõ huã carta … q o Conigo Joaõ Roiz Banha trattaua renunciar a sua conesia e (em) certa pessoa da naçaõ cujo pai, E may forã presos por hereges no santo officio, E auia (havia) pouco forã soltos por o perdaõ geral.
… Aos 26, de Setembro de 618 sendo pro Chamado pa Cabido … Considerada a Prizaõ q nella se fez de Antonio Dias da Cunha pello Santo offiçio, E o geral Escandalo q della se seguio naõ som.te nesta Cid.e mas Em todo o Rejno, E o mujto q se deue obuiar a semelhantes cazos … Se assentou q acerca da Confirmaçaõ do dito statuto se fizesse de nouo á Sua Sde
… Aos 19, de Março 1619 … sendo chamado o cabido … se tratou largamte nelle, como o dia de antes 2.a a noute prenderaõ ao nosso prebendro frco domez pelo sto off.o
… Aos 24 de Nouembro de 1619 … foi prezo á ordem do S.to Officio o Conego Doutoral Antonio Homem. q foi processado, e sahio no Auto da Fé.
… Aos 8. de 8bro (8 de Outubro de 1621) tratandosse em Cabido de como era preso pello sto officio o lecenceado Andre Vas cabaco procurador q foi do Cabido.
… Aos 14 de Feuereiro de 622 sendo primeiro chamado pera Cabido … pera se tratar das bullas do sor Frco da silua … E por serem as primeiras q se passaraõ depois da concessaõ do breue, de q sua sanctidade fez mce a esta Igreija. e Cabido, pera efeito da gente da nacaõ (pessoas de ascendência judaica) em algu tempo nam poder entrar nelle … determinaram … se elegessem pessoas abes, q fossem tirar as «prouanças de puritate sanguinis.
… Aos 15 dias do mês de Agosto de 631 por occasiaõ de huã peticaõ q fes Diogo fra cantor que era desta Sé e fora preso por judeu nos carceres do sto offº desta cidade … imaginando q por sair sem sambenito, e iurar só de uehementi sospeito na fé, saira bem… assentou o Cabido q de nehuã manra se admittisse o tal Diogo.

Almeida, M.L. 1973. Acordos do Cabido de Coimbra. 1580-1640. Separata do Arquivo Coimbrão. Vol. XXVI. Coimbra, Biblioteca Municipal de Coimbra. Pg. 137, 139, 221, 224, 229, 236, 238, 299

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 10:16

Quinta-feira, 18.02.16

Coimbra: o livro dos Acordos do Cabido de Coimbra

Entre os documentos do antigo cartório da Sé de Coimbra, desde há muito integrados no Arquivo da Universidade, contam-se os «Livros dos Acordos do Cabido» … 1451 a 1866. Quer dizer, mais de quatro séculos, dos dias de D. Afonso V até ao reinado de D. Luís, a vida interna da corporação capitular como os atos mais variados e relevantes da sua vida de relações públicas ali ficaram testemunhados, denunciando o valimento e a influência da instituição eclesiástica no âmbito nacional.

… Cartório riquíssimo era o do Cabido, de que nos resta em Coimbra um acerbo importante, mesmo opulento na sua qualidade e variedade, mas não a parcela mais valiosa para os estudos medievais, que essa no-la levou Alexandre Herculano para o Arquivo Nacional da Torre do Tombo.

… A leitura destas numerosas atas capitulares, e a reflexão conjuntiva que por ela se faça com as linhas gerais da história nacional, permitem surpreender o reflexo de sucessos importantes na decisão colaborante do Cabido de Coimbra, sobretudo quando em momentos difíceis superiormente se lhe requere ajuda material e valimento constante.

… Não vamos aqui especializar qualquer grupo de factos que se possam conjuntar com a história geral do país, o que implicaria mais do que um capítulo particularizado, todavia estão vivíssimos nestas páginas alguns sucessos bem dramáticos, entre eles, por escasso exemplo, a questão dos incriminados de revivescência judaica que atingiu duramente o cabido no primeiro quartel do século XVII.

Almeida, M.L. 1973. Acordos do Cabido de Coimbra. 1580-1640. Separata do Arquivo Coimbrão. Vol. XXVI. Coimbra, Biblioteca Municipal de Coimbra. Pg. 1 a 8

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 10:56


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Posts mais comentados