Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A' Cerca de Coimbra


Terça-feira, 15.01.19

Coimbra: Quinta da Portela 1

A mais antiga referência ao lugar da Portela … encontra-se provavelmente num documento de 1171 sob a designação de Portela do Lunado, em cuja direção partia a estrada que de Coimbra passava pelo Calhabé (“Villa Mendica”).

A Quinta da  Portela.jpg

A Quinta da Portela

Quanto à quinta [da Portela] propriamente dita, se bem que estejamos convencidos de que se lhe refere um documento da segunda metade de Trezentos … apenas podemos garantir que passado um século era seu proprietário o cabido da Sé de Coimbra … O negócio celebrado em 1364 entre o Morgado de Carvalho [Álvaro Fernandes] e o cabido da Sé está registado num pergaminho que foi levado para a Torre do Tombo [e nele é referido que] … deu “duas vinhas com seus olyvaaes e com seu lagar e paaço … no logo hu chamam a Portella.
… O termo “paaço” corresponde à forma portuguesa mais antiga do latino «palatium», utilizada a partir do século XIII … é possível que a residência recebida pelo cabido da Sé de Coimbra obedecesse aos parâmetros do “paaço” medieval português.
… A 17 de Fevereiro [de 1617], o cabido da Sé de Coimbra dera licença “ao Senhor Lucas da Fonsequa … para que elle posa vender a sua quinta da Portella … a qual he factuisim desta nossa Sé Cathedral.
[A venda da quinta foi feita a] Diogo Marmeleiro de Noronha … onde há pelo menos sete anos residia e realizara importantes melhoramentos, isto apesar de possuir casas nobres na cidade de Coimbra.
…. Entre 21 de Outubro de 1741 e 3 de Novembro de 1745, a quinta da Portela foi arrematada em hasta pública por D. João Luís de Meneses, da cidade de Lisboa [mas] … não seria, em todo o caso, por muito tempo que … iria deter o domínio útil da quinta da Portela.
De facto, ainda não tinha decorrido um mês quando, no primeiro de Dezembro seguinte [ocorreu a] “venda da quinta da Portella com suas pertensas (…) ao Reverendo Deam da See de Coimbra, o Sr. Manoell de Britto Barreto da Costa e Castro…” o influente Morgado de Pomares.
… a sucessão da casa e de todos os vínculos à mesma associados recaiu … [sobre] Francisco Xavier de Brito Barreto da Costa e Castro.
… Será em vida deste morgado que terão início as obras de reconstrução das casas da quinta da Portela onde, … ocorrera “hum fogo [que] as destruiu e devorou totalmente.

Foz do rio Ceira vista do Palácio.jpg

Foz do rio Ceira vista do Palácio

Segundo os autores do «Inventário Artístico de Portugal» … o palácio dos Marqueses de Pomares “parece tratar-se duma reedificação, no fim do séc. XVIII ou princípio do séc. XIX, duma casa anterior”.

Ramal  acesso, hoje desaparecido.jpg

Ramal acesso [hoje desaparecido]

…. Ultrapassada a entrada [da quinta de Portela] … uma longa fila de castanheiros que ladeia o caminho de terra batida que após uma série de curvas e contracurvas, desembola numa extensa superfície plana, flanqueada por uma longa fila de casas térreas destinadas às atividades agrícolas,

Vista parcial das instalações agrícolas e camin

Vista parcial das instalações agrícolas e caminho para Vila Franca

com destaque para o enorme lagar de azeite que, nos seus tempos áureos, moia a maior parte da azeitona de Coimbra e arredores.

O Palácio visto do jardim.jpg

O Palácio visto do jardim

Ao fundo ergue-se o “majestoso palácio à frente do qual se desenvolve um jardim de inspiração francesa, fechado por imponente gradeamento e portão”.

Mora, L.M.C.F.O. 2001. A Quinta da Portela. História e Arte. Seminário de História da Arte. Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. .Vol. I e II. dactilografados

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 09:34


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2019

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30