Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A' Cerca de Coimbra



Sábado, 21.04.18

COIMBRA DO ROMANTISMO: DOS ARCOS DO JARDIM AO MERCADO D. PEDRO V

COIMBRA DO ROMANTISMO: DOS ARCOS DO JARDIM AO MERCADO D. PEDRO V

(Duração prevista: 60 minutos)

                                                                                   Visita de estudo orientada por:

Regina Anacleto

 

Data do evento:

Próximo sábado dia 28.04.2018, a partir das 10h30

 

Casa da Av. Sá da Bandeira.jpg

 Casa da Av. Sá da Bandeira

Organização

A’Cerca de Coimbra (blogue)

 

Apoios na divulgação

Câmara Municipal de Coimbra – Pelouro da Cultura

Clube de Comunicação Social de Coimbra

Bairro Norton de Matos (blogue)

Coimbra livre e aberta a todos (blogue)

COIMBRA MODERNA (blogue)

"Cromos", Personalidades e Estórias de Coimbra (blogue)

FOTOS DE COIMBRA PARA O MUNDO (blogue)

Penedo d@ Saudade – TERTÚLIA (blogue)

 

Público-alvo

Todos os interessados na história e cultura coimbrã

Visita livre (sem prévia inscrição)

 

Local do início da visita

Praça João Paulo II, casa da Família Marta

Casa da família Marta.jpgCasa da Família Marta, pormenor

 

Objetivos

- Sensibilizar para a necessidade de valorizar e preservar o nosso património arquitetónico, artístico e cultural.

- Identificar os diversos monumentos situados ao longo do itinerário.

- Analisar o espaço físico onde se insere a movimentação estudantil.

- Integrar o conjunto arquitetónico e vivencial oitocentista no respetivo contexto socioeconómico.

- Estabelecer uma ligação afetiva entre a cidade, entendida no seu todo, e os que nela vivem ou a visitam.

 

Programa

- Concentração dos participantes no Largo João Paulo II, no passeio junto à sede da AAC

- Breve enquadramento da iniciativa

. O desenvolvimento económico e as modificações sociais da segunda metade do século XIX conduziram a uma transformação da mentalidade.

. As referidas transformações e a expansão demográfica então verificadas levaram ao alargamento do espaço urbano.

. A quinta de Santa Cruz como espaço ideal da expansão urbana do final do século XIX.

. A relação entre a inexistência, na cidade, de escolas de Belas Artes e a difícil integração dos artistas locais dentro das novas correntes estéticas.

. A capacidade de superar essas dificuldades.

. A arte do ferro — Coimbra “a cidade das grades”.

. O papel desempenhado pelos azulejos na decoração das fachadas.

. A valorização e preservação de monumentos e conjuntos arquitetónicos integrados no gosto oitocentesco e romântico.

. Referência a construções desaparecidas que se erguiam ao longo do percurso.

 

- Percurso

Observação e identificação dos diversos monumentos com particular incidência nas arquiteturas neomedievais e ecléticas

Itinerário

. Rua Alexandre Herculano

. Início das ruas Oliveira Matos, Lourenço Almeida Azevedo e Garrett

. Praça de D. Luís (Praça da República)

. Avenida Sá da Bandeira

. Mercado D. Pedro V

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 22:09


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930