Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A' Cerca de Coimbra



Sexta-feira, 04.09.15

Coimbra, D. Afonso Henriques rei de Portugal

… os primeiros cuidados de Afonso Henriques foram o fortificar as fronteiras meridionais dos seus estados. O castelo de Leiria, que ficara destruído na passada algara dos sarracenos, considerava-se como a chave do país por este lado … A sua importância era tal que num documento pouco posterior os alvazis e demais membros do conselho municipal de Coimbra declaravam que os homens de armas do concelho que tentassem ir combater pela fé na Palestina fossem defender a Estremadura e em especial Leiria, onde, se morressem, obteriam a remissão dos seus pecados do mesmo modo que em Jerusalém.

O cardeal Guido de Vico viera por aquele tempo a Espanha como legado de Inocêncio II … O imperador (Afonso VII, de Leão) e o rei de Portugal dirigiram-se nessa conjuntura a Zamora para numa conferência assentarem as condições de duradoura concórdia. Guido, provavelmente como representante do pontífice, foi chamado a assistir à conferência dos dois príncipes que, segundo parece, resolveram amigavelmente as controvérsias… o imperador reconheceu o título de rei que seu primo tomara, e que este recebeu dele o senhorio de Astorga, considerando-se por essa tenência seu vassalo.

Herculano, A.1987. História de Portugal. Vol. II. Lisboa, Circulo de Leitores, pg. 114, 115

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 22:12


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930