Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A' Cerca de Coimbra



Terça-feira, 26.01.16

Coimbra, as diversões no século XVI

… algumas diversões, nomeadamente, o jogo da bola, parecem tê-los distraídos (os habitantes de Coimbra) com certa frequência, levando-os a ausentarem-se do trabalho ou mesmo a faltar a ele

… em 28 de Junho deste ano (de 1535), a Câmara teve de deliberar «sobre o grande mal e desordem» que continuamente se fazia na cidade com o jogo da bola. Todos os dias «des polla menhã ate noyte» havia jogos disputados nos quintais, que se podiam alugar para o efeito, e noutras partes da cidade. Muitos, sendo pobres, «perdem suas fazendas» ou deixam de «guainhar de comer para suas molheres e filhos» para irem jogar ou assistir aos jogos.

Considerando o grande dano que resultava do facto, a vereação proibiu aos mecânicos o jogo da bola nos dias da semana sob penas diversas: o jogador na multa de 300 réis, o espectador em 100 e quem desse o «campo» pagaria 500.
A paixão pelo mesmo jogo voltamo-la a encontrar documentada em 8 de Abril de 1573. Um acordo deste dia proíbe o aluguer de paus para jogar a bola em dias de trabalho, sob pena de 500 réis pagos da cadeia e perdimento dos paus.

… Em 1576 temos notícia de que se jogava em diversas partes, sobretudo nos quintais e olivais detrás de Santa Clara

Oliveira, A. 1971. A Vida Económica e Social de Coimbra de 1537 a 1640. Primeira Parte. Volume I. Coimbra, Universidade de Coimbra, pg.478 a 480

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 10:58


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31