Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A' Cerca de Coimbra



Quarta-feira, 02.08.23

Coimbra: Arvores das suas ruas

Em 1999, a Câmara de Coimbra editou, através do Departamento de Cultura, Turismo e Espaços Verdes, com conceção, design, textos e ilustrações de N. Farinha e F. Correia e produção de Gradientes & Texturas, Lda, uma belíssima coleção de 12 postais ilustrados que intitulou Árvores de Coimbra. Um Património de Todos.

No verso do suporte onde estão guardados os postais ilustrados, surge um texto que contrasta, de uma forma dolorosa, com o que no presente se passa com tantas árvores, algumas centenárias, da nossa Cidade.

As árvores são elementos indispensáveis nas paisagens rurais e urbanas, constituindo um garante de vida, uma mais valia económica e um património natural pertença de todos. Com esta coleção de ilustrações botânicas, a Câmara Municipal de Coimbra convida-o a conhecer alguns dos tesouros naturais que adornam as suas ruas e jardins, numa viagem por interessantes cambiantes e forma naturais.

 Texto este que, entre outras reflexões, me colocou as seguintes questões.

- Como foi possível, como é possível continuar a acontecer o abate de árvores sem uma procura séria de alternativas a sua possível manutenção?

- Será que uma qualquer empresa mais ou menos majestática, pode, segundo os seus interesses economicistas e de progresso a todo o custo, dispor de um património natural pertença de todos?

Realidades que me diminuem como cidadão e que me causam uma grande amargura e tristeza.

Entre os 12 postais escolhi 3 para ilustrar o que é dito. Acrescentei uma quarta, árvore, jacarandá, por ser a minha preferida e não constar da referida coleção. Acrescento algumas informações sobre cada espécie.

- Carvalho-cerquinho (Quercus faginea broteroi)

Carvalho cerquinho.jpg

Árvore de folha marcescente – as folhas secam na copa e permanecem até à primavera. Pode alcançar os 20m de altura, tem uma copa arredondada com ramificações e folhagem abundante e o tronco é rugoso com casca acinzentada ou parda-acinzentada.

As folhas são simples, alternas, oblongas a obovadas … página superior da folha é lisa e a inferior apresenta longos pelos estrelados.

As flores surgem entre março a maio. As masculinas estão dispostas em grupos sobre largos amentilhos de 4-8cm, pendurados, mas pouco firmes. As femininas são solitárias, estando dentro de uma cúpula.

Os frutos são bolotas cilíndricas que nascem em pedúnculos curtos, com uma cúpula com escamas triangulares. Amadurecem e disseminam-se em setembro e outubro.

Originário da Península Ibérica, sudeste de França, Marrocos e Argélia.

Texto acedido em: https://gulbenkian.pt/jardim/garden-flora/carvalho-cerquinho-3/.

 

- Pitósporo (Pittosporum undulatum)

Pitosporo.jpg

É um arbusto ou arvoreta, resistente, de aroma marcante, com folhas espatuladas de coloração verde ou verde-acinzentada com bordas claras na cultivar “variegata“. Excelente para a formação de cercas vivas altas (2 metros), o pitósporo ainda produz eventualmente florzinhas brancas muito perfumadas. De crescimento lento, pode ser cultivado isolado, ou em grupos.

Texto acedido em: https://plantemais.com/product/pitosporo-m/

- Azevinho (Ilex aquifolium)

Azevinho.jpg

O azevinho é a única espécie da família das Aquifoliaceae que surge espontaneamente na Europa. É um arbusto de médio porte, de crescimento muito lento, que pode atingir até 20 metros de altura. De tronco liso e esverdeado, apresenta uma forma piramidal e é muito ramificado. Com a idade, o tronco torna-se acinzentado e rugoso … tem flores unissexuadas, masculinas e femininas, que ocorrem em indivíduos distintos. As flores são pequenas, solitárias ou em ramalhetes, de cor branca ou ligeiramente rosada. A floração ocorre entre março e junho, frutificando entre outubro e dezembro.

O fruto, que se mantém na árvore durante um longo período de tempo, é globoso, liso e ligeiramente carnudo. Embora muitas vezes mencionado como baga, o fruto do azevinho é uma drupa, ou seja, fruto com caroço. Apresenta cor vermelha escarlate, alaranjada ou amarela e brilhante, tem geralmente menos de 1 cm de diâmetro, contém cerca de 4 a 5 sementes e surge apenas nos exemplares femininos.

As folhas do azevinho são persistentes, de cor-verde-escuras e brilhantes, muito rígidas e têm margens onduladas e espinhosas. Nos ramos mais velhos, as folhas tendem a ficar mais lisas e sem espinhos.

Texto acedido em: https://www.wilder.pt/diversoes/o-que-procurar-no-outono-o-azevinho/

- Jacarandá-mimoso (Jacaranda mimosifolia, D. Don)

Jacaranda2_1000x523.jpgImagem acedida em: https://www.bing.com/images/search?q=%c3%a1rvores+de+coimbra

 Árvore de porte médio, que atinge cerca de 15 metros.  De copa rala, arredondada a irregular, folhagem delicada … No inverno, o jacarandá-mimoso perde suas folhas, que dão lugar às flores na primavera. Suas flores são duráveis, perfumadas e grandes, de coloração azul ou arroxeada…. A floração se estende por toda a primavera e início do verão.

Texto acedido em:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Jacarand%C3%A1-mimoso.

 Rodrigues Costa

Nota: A minha idade e a saúde cada vez mais débil, impõem-me a redução da minha atividade não só física, como intelectual. Tenho que reconhecer que já é um sacrifício, fazer a investigação em que assenta este blogue.

Para já vou interromper no corrente mês de agosto as minhas publicações. Espero voltar em setembro, com publicações, mais espaçadas. Quero tentar chegar às mil entradas ainda este ano.

RC

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 09:57


6 comentários

De q a 03.08.2023 às 10:31

Boas férias.

De Rodrigues Costa a 03.08.2023 às 13:51

Obrigado
Rodrigues Costa

De Ireneu Machado a 03.08.2023 às 14:40

Obrigado pelo que nos tem dado a conhecer. Faz muito bem em descansar em agosto. Também em férias, esperamos o seu regresso.
Abraços

De Rodrigues Costa a 03.08.2023 às 18:39

Obrigado pelas suas palavras e incentivo.
São palavras como as suas que me fazem continuar a trabalhar
Obrigado
Rodrigues Costa

De Luís O. Lopes a 05.08.2023 às 17:09

muito grato pelo que nos ensina...
Lamento que seja obrigado a desisitir , pois perdemos uma escola que nos tem dado muito a saber sobre a nossa cidade.
Também me preocupa esta aversão a tudo que seja verdura na nossa cidade que já foi um exemplo de como bem-tratar tudo que era planta.
Muito haveria a comentar.
Por agora desejo-lhe umas férias repousantes e um bom restabelecimento de sua saúde.
Respeitosos cumprimentos
Luís Lopes

De Rodrigues Costa a 05.08.2023 às 23:28

Caro Amigo Luís Lopes
Sensibilizam-me muito as suas palavras. Simplesmente obrigado pela certeza que as mesmas me transmitem de que alguns se interessam pelo meu trabalho e que o mesmo é apreciado.
Esta a maior satisfação para o esforço e do trabalho que está por detrás das 975 entradas já publicadas e que mereceram 566 comentários.
Espero regressar, ainda que tenha de reduzir o volume de trabalho de
investigação e consequentemente o número de entrada a publicar.
De novo o meu obrigado
Rodrigues Costa

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2023

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031