Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A' Cerca de Coimbra



Domingo, 17.05.15

Coimbra, a cidade da pedra e do ferro

A tradição artística coimbrã assentava as suas bases na pedra, não no ferro. Deste, nos alvores do nosso século (séc. XX), poucos testemunhos significativos se encontravam na cidade … Em 1900, a Exposição Universal de Paris atraía sobre si as atenções do mundo civilizado … António Augusto Gonçalves … ei-lo a caminho da Cidade das Luzes … A secção de serralharia fascinou-o! … Ele que na sua Escola Livre “exigia” aos que a frequentavam a manutenção e desenvolvimento de uma criativa própria … De regresso à cidade questionava-se acerca do caminho a trilhar para modificar este estado de coisas e sonhava desenvolver em Coimbra, com o ferro, uma arte que atingisse nível similar ao da pedra … A indústria contemporânea do ferro forjado nasceu em Coimbra com a nova centúria, viveu na cidade, mas espalhou-se por todo o país.

Anacleto, R., 1983. O Coreto do Parque Dr. Manuel Braga em Coimbra. Coimbra, Separata de Mundo da Arte, 14, pg. 17 a 30, pg. 21 a 24

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Rodrigues Costa às 17:01


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31